Régis Boessio e equipe comemoram posição no grid “muito além da expectativa”

O piloto gaúcho na Copa Truck conseguiu um feito importante com o seu caminhão Volvo numeral 83, encerrou o classificatório de definição do grid na 3ª posição. “Todos estamos muito felizes, o resultado foi muito além da expectativa para o começo desta etapa”, comemora Régis.

“Começamos os treinos livres como oitavo mais rápido, melhoramos bastante e fechamos a sexta-feira com o sétimo melhor tempo do dia de 1min20s865. No terceiro treino tivemos um percalço, o conta-giros parou de funcionar e não tinha mais como saber o limite de velocidade. Atrapalhou muito o terceiro treino”, informa Boessio.

Régis Boessio

“No classificatório, mesmo preocupado com o problema do conta-giros, decidi ter como referência os outros pilotos no radar. Desta forma fechamos em oitavo no classificatório com o tempo de 1min21s089. Trabalhamos com uma expectativa de chegar em sexto no grid, porém faltando poucas voltas, já com o quinto tempo, fui informado dos boxes que melhorando alguns milésimos de segundo na volta poderia alcançar a terceira posição no grid. Decidi buscar esta diferença no Bacião, com uma volta perfeita alcançamos o resultado”, complementa Boessio.

Copa Truck

“A corrida será uma outra história, o trabalho vai ser em cima da regularidade do nosso caminhão Volvo. O importante é saber dosar poupar o equipamento sem perder de vista os ponteiros. A Copa Truck está se mostrando muito equilibrada, só ver o grid onde a pole é de um Volkswagen, a seguir um Mercedes-Benz, depois o nosso Volvo, um Scania e um MAN. Logo a seguir na sétima posição o Iveco do Beto Monteiro, sinal que as provas no domingo serão muito brigadas entre todos os postulantes a vitória”, encerra Régis.

A disputa do pole Giaffone com com o segundo no grid Cirino vem sendo o grande destaque do fim de semana, com a diferença entre eles não ultrapassando um décimo nas tabelas de tempos. Já a grande surpresa da sessão foi Régis Boessio, que, de duas voltas e o 15º tempo no último treino livre, foi para a terceira posição, desbancando gente graúda como Roberval Andrade, que andou o tempo todo no pelotão da frente mas acabou ficando em quarto lugar.

A largada da etapa de abertura da Copa Truck de 2018 está marcada para acontecer às 13h (de Brasília), com transmissão exclusiva do SporTV2.

Grid de largada da Corrida 1 em Cascavel:
1. 4 Felipe Giaffone (Volkswagen) – 1min18s994
2. 6 Wellington Cirino (Mercedes) – 1min19s093
3. 83 Régis Boessio (Volvo) – 1min20s308
4. 15 Roberval Andrade (Scania) – 1min20s384
5. 13 Witold Ramasauskas (VW-MAN) – 1min20s512
6. 30 Rogério Castro (Volkswagen) – 1min20s807
7. 88 Beto Monteiro (Iveco) – 1min20s860
8. 77 André Marques (Mercedes) – sem tempo no Q2
9. 90 Giuliano Losacco (Iveco) – 1min21s220
10. 9 Renato Martins (VW-MAN) – 1min21s299
11. 7 Débora Rodrigues (Volkswagen) – 1min21s753
12. 27 Fábio Fogaça (Ford) – 1min23s023
13. 333 Alex Fabiano (Mercedes) – 1min24s333
14. 46 Luiz Renato Luhrs (Scania) – 1min24s844
15. 99 Luiz Lopes (Iveco) – 1min27s830
16. 12 Zé Maria Reis (Iveco) – 1min39s387
17. 33 Eurípedes Reis (Ford) – 1min41s683
18. 72 Djalma Fogaça (Ford) – punido.

—————————————-
Fotos: Duda Bairros e Vanderley Soares