Régis Boessio ‘renasce’ para as corridas e é vice-líder do campeonato

Régis BoessioÚnico gaúcho no grid da mais nova categoria do automobilismo nacional, Régis Boessio era um dos mais animados após a disputa da primeira etapa da Copa Truck, no último domingo (28) no Autódromo Internacional de Goiânia. O piloto da Boessio Competições terminou a primeira corrida do evento de abertura de temporada em quarto lugar e foi segundo colocado na prova final, assumindo a vice-liderança da competição.

Pódio Copa Truck

O desempenho em Goiânia deixou Boessio com 40 pontos na tabela de classificação, apenas um a menos que o paulista Roberval Andrade, vencedor da primeira corrida e quinto colocado na outra. “Foi maravilhoso, tudo perfeito, ou quase perfeito”, exultou o piloto gaúcho. “No meu caso, tive uma dificuldade pontual no caminhão, mas no geral tudo foi ótimo. Eu tinha ‘morrido’ para as corridas de caminhões, e agora consegui ‘renascer’ na Copa Truck”, falou.

O piloto manifestou uma dificuldade técnica em saídas de curvas. “Meu caminhão não tinha tanta tração para sair de curva, e isso me fazia perder um pouquinho de rendimento. Em compensação, nas retas, era comigo mesmo, o equipamento rendia muitíssimo bem”, destacou, frisando a participação de seu pai, Luiz Boessio, no trabalho de desenvolvimento do equipamento. “Ele, como sempre, foi incansável, fez um ótimo trabalho ao lado da equipe”, atribuiu.

Luiz Boessio e Regis BoessioDepois da quarta posição na primeira corrida, Boessio chegou a avançar para a liderança da prova final. “Com esse problema de tração, sequer tentei resistir ao Beto”, admitiu, sobre a ultrapassagem que sofreu do pernambucano Beto Monteiro, que venceu. “No fim, eu saí no lucro. Algum caminhão teve um vazamento de óleo que obrigou todo mundo a diminuir o ritmo. Com isso, pude me manter em segundo, senão perderia mais posições”, descreveu.

Boessio disputa a primeira temporada da Copa Truck pilotando o Volvo número 83 da Boessio Competições, em que exibe as cores e logos dos patrocinadores e apoiadores Suspentech, Buffon Rede de Postos e Magrão Auto Peças. A segunda etapa da temporada, definindo o título da Copa Truck Centro-Oeste, tem suas duas corridas marcadas para dia 11 de junho no Autódromo Internacional de Campo Grande.

COPA TRUCK – CLASSIFICAÇÃO
1º) Roberval Andrade (SP/Iveco), Corinthians Motorsport, 41 pontos
2º) Regis Boessio (RS/Volvo), Boessio Competições, 40
3º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Lucar Motorsports), 38
3º) Débora Rodrigues (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, 38
5º) Fábio Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, 29
5º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, 29
7º) Renato Martins (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 28
8º) José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, 25
9º) Danilo Dirani (SP/Scania), Corinthians Motorsport, 22
10º) Rodrigo Belinati (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 21
11º) David Muffato (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, 20
12º) Joel Mendes Jr. (SC/Scania), Luhrs Motorspor, 11
13º) Duda Bana (PR/Scania), Luhrs Motorsport, 10
14º) Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, 9
15º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 1


Texto: Grelak Comunicação
Imagens: Bárbara Bonfim e Sérgio Rodrigues