Com um 4º lugar na primeira prova da Copa Truck e um 2º lugar na segunda, Boessio é vice-líder

Pódio Copa Truck GoiâniaRégis Boessio (Volvo), um dos grandes destaques de um domingo repleto de disputas acirradas na pista, com belas ultrapassagens, toques e rodadas que levantaram o bom público presente ao autódromo de Goiânia (GO). Assim foi a etapa de estreia da Copa Truck, o piloto gaúcho agora é vice-líder com 40 pontos.

O gaúcho Boessio subiu duas vezes ao pódio com um 4º e um 2º lugares. Na véspera, imaginava que um 5º podia ser o limite, depois de enfrentar várias dificuldades nos ensaios. “Foi um fim de semana maravilhoso, suado, lutado, difícil. Quase não andamos no primeiro dia. Conseguimos no segundo, mas o acerto de suspensão não ficou bom. Mesmo assim, foi uma vitória da equipe. O truck não está rápido, mas está consistente. O problema da suspensão prejudica o rendimento nas curvas. Se conseguirmos resolver isso, seremos velozes e competitivos. Ainda temos muito o que trabalhar para melhorar a suspensão. Então, foi muito bom. Achava que poderia dar um pódio, talvez em 5º, depois de ficar em 7º no classificatório. Mas o caminhão foi consistente e fomos agraciados com duas boas posições.”

A segunda etapa da Copa Centro-Oeste está marcada para dia 11 de junho, em Campo Grande.

Os resultados em Goiânia;

Corrida 1

1 – Roberval Andrade (Iveco), 13 voltas em 25min09s670
2 – Danilo Dirani (Iveco), a 3s416
3 – Débora Rodrigues (Volkswagen), a 8s152
4 – Régis Boessio (Volvo), a 29s842
5 – Renato Martins (Volkswagen), a 30s218
6 – Luiz Lopes (Iveco), a 35s217
7 – Fábio Fogaça (Ford), a 1min04s643
8 – Beto Monteiro (Iveco), a 1min22s871
9 – José Maria Reis (Scania), a 1min32s028
10 – Rodrigo Belinati (Man), a 2min05s548
11 – Duda Bana (Scania), a uma volta
12 – Djalma Fogaça (Ford), a três voltas

Não classificaram

Adalberto Jardim (Volkswagen), a seis voltas
David Muffato (Volkswagen), a seis voltas
Leandro Totti (Volvo), a sete voltas
Joel Mendes Jr. (Scania), a 10 voltas
Vinicius Palma (Volkswagen), a 13 voltas

Melhor volta: Adalberto Jardim, em 1min50s661 (124,759 km/h)

Corrida 2

1 – Beto Monteiro, 13 voltas em 25min15s445
2 – Regis Boessio, a 12s739
3 – David Muffato, a 12s852
4 – Débora Rodrigues, a 13s244
5 – Roberval Andrade, a 14s799
6 – Fábio Fogaça, a 34s756
7 – Luiz Lopes, a 51s251
8 – José Maria Reis, a 1min19s606
9 – Renato Martins, a uma volta
10 – Joel Mendes Jr., a uma volta
11 – Rodrigo Belinati, a duas voltas

Não classificou

Djalma Fogaça, a 10 voltas

Volta mais rápida: Beto Monteiro, em 1min54s757 (120,306 km/h)

A classificação da Copa Centro-Oeste:

1 – Roberval Andrade, 41 pontos
2 – Regis Boessio, 40
3 – Beto Monteiro e Débora Rodrigues, 38
5 – Fábio Fogaça e Luiz Lopes, 29
7 – Renato Martins, 28
8 – José Maria Reis, 25
9 – Danilo Dirani, 22
10 – Rodrigo Belinati, 21
11 – David Muffato, 20
12 – Joel Mendes Jr., 11
13 – Duda Bana, 10
14 – Djalma Fogaça, 9
15 – Adalberto Jardim, 1


Texto: Márcio Fonseca (MTb 14.457)
Imagens: Rodrigo Ruiz e Diário de Goiás