Gaúcho Boessio alinha na sétima fila do grid de Cascavel

Régis BoessioO final de semana da oitava etapa da Fórmula Truck que acontece no Paraná, cidade de Cascavel, não tem sido de alegrias para o gaúcho Régis Boessio. Enfrentando problemas com seu caminhão Volvo desde os treinos de sexta-feira, o piloto terá de realizar novamente uma corrida de superação, assim como aconteceu na recente em Tarumã (RS) para chegar ao pódio. Largada será domingo as 14:10hs com transmissão ao vivo da BAND.

Imagens do treino classificatório de Régis Boessio em Cascavel:

Em sua sétima temporada na Fórmula Truck, André Marques fez a primeira pole position. O segundo lugar ficou com o líder do Campeonato Brasileiro, Felipe Giaffone, seguido por Diogo Pachenki, que havia dominado todos os treinos na cidade do Oeste paranaense, e por Roberval Andrade. Com o quinto lugar obtido em Cascavel, Raijan Mascarello repetiu o resultado de Curitiba e igualou sua melhor posição de largada.

Régis Boessio

A sexta posição ficou com Wellington Cirino seguido por Djalma Fogaça. Paulo Salustiano, Pedro Muffato e Jansen Bueno perderam a volta por excesso de fumaça na primeira parte do classificatório. Até agora, em oito etapas, quatro pilotos fizeram a pole position.

Grid de largada da oitava etapa da Fórmula Truck em Cascavel:

1) André Marques (RM Competições), 1min19s614, média de 138,3 km/h
2) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), 1min19s677
3) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), 1min19s781
4) Roberval Andrade (Dakar Motorsports), 1min19s788
5) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), 1min19s968
6) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), 1min20s225
7) Leandro Totti (Clay Truck Racing), 1min20s419
8) Djalma Fogaça (DF Racing Fans), 1min20s668.

Pilotos que não se classificaram para o Top Qualifying:

9) David Muffato (MAN TGX), 1min20s654
10) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), 1min20s670
11) Débora Rodrigues (RM Competições-MAN), 1min20s834
12) Adalberto Jardim (RM Competições-MAN), 1min20s859
13) Fábio Fogaça (Fábio Fogaça Motorsports), 1min21s338
14) Régis Boessio (Boessio Competições), 1min23s238
15) Joel Mendes Jr. (Fábio Fogaça Motorsports), sem tempo
16) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), sem tempo
17) Jansen Bueno (Muffatão Racing), sem tempo
18) Pedro Muffato (Muffatão Racing), sem tempo
19) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), sem tempo.

Sistema de pontos

Os pontos são divididos em cada uma das duas fases da seguinte forma: além do vencedor, que recebe 25, o segundo colocado fica com 22, o terceiro 20, o quarto 18, o quinto 16, o sexto 15, o sétimo 14, o oitavo 13, o nono 12, o décimo 11, o décimo primeiro 10, o décimo segundo 9, o décimo terceiro 8, o décimo quarto 7, o décimo quinto 6, o décimo sexto 5, o décimo sétimo 4, o décimo oitavo 3, o décimo nono 2 e o vigésimo colocado 1 ponto. Isso, além da bonificação de um ponto para o pole position (André Marques) e um para quem fizer a melhor volta em cada fase.

Os dez primeiros pilotos no Campeonato Brasileiro da Fórmula Truck: *

1) Felipe Giaffone, 281 pontos
2) Paulo Salustiano, 249
3) Diogo Pachenki, 230
4) David Muffato, 185
5) André Marques, 171
6) Débora Rodrigues, 157
7) Wellington Cirino, 145
8) Raijan Mascarello, 138
9) Roberval Andrade e Régis Boessio, 116
10) Adalberto Jardim, 105

* Pilotos são obrigados a fazer o descarte de uma etapa da temporada.

Campeonato das fábricas:
1) Mercedes-Benz, 588 pontos
2) MAN Latin América, 560
3) Volvo, 297
4) Iveco, 277
5) Ford, 215
6) Scania, 91.

—————————————————–
Com informações de Milton Alves e imagens de Luciana Flores.