Régis Boessio tem um bom recomeço na Fórmula Truck

O começo do final de semana de treinos para a primeira etapa da Fórmula Truck 2011 foi marcada pelo predomínio da chuva. Em toda região de Santa Cruz do Sul (RS) momentos de chuva muito forte e que acabaram prejudicando a preparação das equipes para a etapa. No treino classificatório realizado no sábado, parte dos pilotos andaram com pista molhada e outros pista seca. O gaúcho Régis Boessio do time ABF Mercedes-Benz pegou a fase de pista molhada, mas mesmo assim conseguiu um tempo que lhe deixou satisfeito. “Para um recomeço de participação na F-Truck acho que largar na sexta fila está de bom tamanho, nossa preocupação nesta primeira etapa é termos um caminhão confiável e completar a prova”, disse Boessio.

Esta será a primeira temporada de Boessio com um caminhão Mercedes-Benz e também é a primeira vez que pilota um truck bicudo. “Precisarei de um período de adaptação, nunca pilotei um caminhão bicudo e também estou estreando na Mercedes, mas é um ótimo equipamento, esteve parado por um ano, foi preparado para a temporada de 2010, mas não utilizado. Assim, enquanto a equipe realiza o ajuste fino no caminhão e trabalha para torná-lo, além de resistente, competitivo, por outro lado me empenharei para agilizar esta adaptação e com isso, quem sabe, na terceira etapa estejamos prontos para brigar na ponta”, ressaltou Régis Boessio.

O pole-position em Santa Cruz do Sul será Beto Monteiro com um caminhão Iveco, seguido pelo quarteto da Volkswagen, Felipe Giaffone, Valmir Benavides, Renato Martins e Débora Rodrigues. Os demais pilotos Mercedes-Benz tiveram a seguinte classificação para o grid: Leandro Totti é o sétimo, Geraldo Piquet o nono e Wellington Cirino larga em 17º por causa de problemas que enfrentou durante treino classificatório.

A primeira etapa do Campeonato Sul-americano de F-Truck terá transmissão ao vivo pela TV Bandeirantes, a partir das 13h (horário de Brasília) deste domingo (27/2).

Grid de largada da Fórmula Truck em Santa Cruz do Sul:

1º) 88 – Beto Monteiro (I, PE), 1:48.764, média de 116,84 Km/h

2º) 4 – Felipe Giaffone (W, SP), 1:49.256

3º) 2 – Valmir Benavides (W, SP), 1:49.806

4º) 9 – Renato Martins (W, PR), 1:50.261

5º) 7 – Debora Rodrigues (W, SP), 1:52.296

6º) 70 – Danilo Dirani (F, SP), 1:55.668

7º) 73 – Leandro Totti (M, PR), sem tempo

8º) 12 – Zé Maria Reis (S, GO), sem tempo

9º) 3 – Geraldo Piquet (M, DF), 2:05.604

10º) 50 – Fred Marinelli (I, PR), 2:05.943

11º) 83 – Regis Boessio (M, RS), 2:07.360

12º) 23 – Adalberto Jardim (F, SP), 2:07.545

13º) 14 – João Maistro (V, PR), 2:07.842

14º) 77 – André Marques (V, SP), 2:11.045

15º) 99 – Luiz Lopes (S, SP), 2:12.519

16º) 32 – Luiz Pucci (V, RA), 2:12.957

17º) 6 – Wellington Cirino (M, PR), 2:26.534

18º) 20 – Pedro Muffato (S, PR), 7:29.036

19º) 1 – Roberval Andrade (S, SP), punido

20º) 55 – Paulo Salustiano (I, SP), punido

21º) 45 – Leandro Reis (S, GO), sem tempo

22º) 71 – Cristina Rosito (F, RS), sem tempo

Vídeo do treino classificatório de Régis Boessio capturado durante a transmissão ao vivo pelo site www.formulatruck.com.